quarta-feira, junho 13, 2007

Rei D.Carlos I e Rainha D. Amélia inauguram Hospital Sousa Martins na Guarda

No dia 19 de Maio de 2007, na Guarda, decorreram as comemorações do centenário do Hospital Sousa Martins da Guarda (o primeiro Sanatório da Assistência Nacional aos Tuberculosos).
Foi recriada a inauguração histórica do Hospital (do dia 18 de Maio de 1907) com a presença da família real,( o Rei D. Carlos I e a Rainha D. Amélia )e respectiva comitiva.


As ruas da cidade, (de onde se podia ver varandas de algumas casas devidamente ornamentadas com lindas colchas bordadas), receberam as suas majestades e os seus seguidores, transportando os espectadores, por momentos, noutro cenário histórico, longe da confusão da civilização moderna onde impera a alta tecnologia regente.
Eram rei, rainha, clero, nobreza, cavaleiros, o povo, coches, bandeiras de Portugal da época agitadas , flores ...

Houve discursos e música clássica.Não faltaram também figurantes trajados a rigor ( pelo grupo de Teatro Municipal da Guarda). Espectacularmente bem caracterizados. Foi muito interessante.
Um pouco de História:
No final do do séc. XIX a tuberculose matava milhares de portugueses. O médico Sousa Martins tinha indicações que o clima de altitude em Portugal tinha condições excepcionais no tratamento da tuberculose pulmonar, por isso aconselhava a transferência de doentes para localidades de montanha. É nessa altura que é sugerida a criação de um sanatório na Guarda que acabara por receber pacientes de todos os pontos do país.O Antigo Sanatório foi durante várias décadas do século passado "um incontornável cartaz de divulgação da Guarda, projectando-a como a cidade da saúde.

( Fotos cedidas por Fernanda Neto)

Foram recriadas as seguintes situações:
- Chegada dos Reis à estação dos Caminhos de Ferro,
- Cortejo dirigindo-se para a Igreja da Misericórdia onde se realizou um solene Te Deum
- Inauguração feita pela Rainha D. Amélia no Sanatório Sousa Martins.

FIDMC/05/2007

3 comentários:

Anónimo disse...

El Rei D. Carlox I e a Rainha D. Amélia extão muito bem conservadox...
Goxtei muito dexta foto reportagem
Meux senhorex, nem eu próprio faria melhor
José Hermano Saraiva

Jose disse...

tao conservados que nem se parecem com eles...

Amora Bruegas disse...

Parabéns a quem teve a idéia de levar avante esta recreação. Uma grande Rainha, realizou uma grande obra, o sanatório da Guarda, a fim de combater um flagelo nacional: a tuberculose; que só foi definitivamente debelado com a política de saúde do Estado Novo. Pelo meio, houve que aguentar a canga de miséria imposta pelo reviralho..., como nos últimos 40 anos!