segunda-feira, maio 07, 2007

Festa de Santa Cruz




No dia 3 de Maio, decorreu a celebração da Santa Cruz . O céu cinzento ameaçava. Contudo não chegou a chover. Finda a missa, todos os Santos, nos seus andores caprichosamente enfeitados com flores, saíram à rua em Procissão pela aldeia.

Fotos cedidas por M.J.C.C.


Todos participaram...

No final da Procissão, foram arrematadas as “ roscas”, tendo sido bastante animada a sessão do leilão ( dirigido pelos mordomos Filipe Carlos e José Carlos Aposta). Alguns foguetes deram um ar mais festivo ao evento.
Mesmo num dia de semana, devotos dos Forcalhos, contrariando a rotina diária de trabalho, entregaram-se a uma religiosa tradição antiga. Muitos eram aqueles que já se tinham comprometido em transportar santos umas semanas antes.




No fim da tarde, o lanche ( que já se tornou um ritual por essa altura) juntou algumas convivas, desta vez, em casa do Ismael Pinheiro Carlos.

A celebração:
Foi na Cruz que Jesus Cristo ofereceu ao Pai o Seu Sacrifício, em expiação dos pecados de todos os homens. Por isso venera-se o sinal da libertação do Homem.
Objecto de desprezo, até ao momento em que Jesus «obediente até à morte» nela foi suspenso, a Cruz tornou-se, desde então, motivo de glória, pólo de atracção para todos os homens.
Ao celebrar esta festa,pretende-se proclamar que é da cruz, «sinal do amor universal de Deus, fonte de toda a graça» que deriva toda a vida de Igreja. É no fundo manifestar o desejo dos praticantes de colaborar com Cristo na salvação dos homens, aceitando a Cruz, que a carne e o mundo fizeram pesar sobre nós .

Alguém sabe qual é a origem da tradicional arrematação das "Roscas" ( bolo ou pão de farinha, em forma de pequena torre) no final da procissão ?

4 comentários:

O. F. disse...

Belas fotos, (só faltou uma das roscas em leilão). É bonito ver que a tradição se mantém...
Sempre me lembro das roscas serem feitas com farinha e ovos Portugueses, mas eram cozidas em Casilhas de Flores na vizinha España, porque já nessa altura não havia forno nos Forcalhos.

Anónimo disse...

Não me convidaram para pegar numa "perna" dum andor, não fico chateado por isso, mas não me convidaram para o lanche e por isso tou chateado
Abraços
Outro Forcalhense (esfomeado)

disse...

Passei pela casa do Ismael Pinheiro Carlos no dia seguinte e ainda tive direito a algumas "sobras" do lanche.
Posso garantir que os bolos estavam 5 estrelas.

Anónimo disse...

Meninas dos Forcalhos tá aí a época de praia e depois venham dizer que não vos serve o bikini... pudera a comer bolos dessa maneira...e a diabetes? ai...ai...eu não sou de intrigas (a minha boca é um chocalho) mas se os vossos filhos sabem...
Beijinhos para todas.
O convio é sempre salutar e como vão caminhar brevemente até à Consolação, queimam as calorias em excesso.